Papo reto: Cutting







Hi Gurias! Hoje o post é bem sério, (...mais primeiro antes de tudo queria dar 1000 desculpas fiquem um tempinho sumida, por causa do meu NIVER, FIZ 15 ANOS ONTEM...) Não muito comum entre todas as garotas, mas existem meninas que precisam de ajuda, e sofrem com o mau do cutting (corte, automutilação). Isso mesmo, eu tenho um coração tão mole, que quando vejo assuntos assim de quem já sofreu ou sofre desse mau, eu choro e já peço a DEUS que ajude essas garotas a pararem com isso. 
Bom para vocês entenderem melhor o que é o cutting eu trouxe o significado. Se liga: Automutilação é um  objeto cortante. Não é o único tipo de automutilação, tem gente que se queima, tem gente que abre feridas, tem gente que se comporta de forma destrutiva. É uma forma de racionalizar a dor emocional, transformando-a em dor física. Dá adrenalina, quem toma muitos remédios psiquiátricos geralmente não consegue sentir nada direito e não consegue extravasar as emoções. É complicado dizer que é "modinha", esse problema é sério, tem muita gente que não consegue parar. Quem começa a se cortar, geralmente, sofre de distúrbios psicológicos, como depressão ou um transtorno conhecido como bordeline, em que se sente muito feliz e, logo em seguida, muito triste sem motivos aparente. Mas isso não quer dizer que a pessoa é louca, são pessoas normais que se sentem gorda, feia, a estranha, etc. 

Perigos: ao causar uma lesão existe o risco de acertar uma artéria ou veia importantes. Isso sem contar as possíveis infecções causadas por objetos enferrujados ou contaminados. 

Como saber: mudança de comportamento, roupas compridas em dias de calor, machucados que não cicatrizam e vergonha de mostrar o corpo.

Tratamento: terapia com psicólogo ou psiquiatria. 

O que é Depressão? Eu explico: É uma doença relacionada ao humor. A pessoa se sente irritada, perde o sono e o apetite, se cansa fácil, perde o interesse por coisas que antes amava fazer, se isola, tem baixa autoestima e fica triste na maior parte do tempo. Tudo acontece quase na mesma hora. É um estado que se prolonga por semanas ou meses, diferente de quando rola uma fossa por terminar com o namorado e a tristeza é momentânea, por exemplo.

Perigos: há riscos de ter pensamentos suicidas.

Como perceber: a pessoa muda de comportamento, se isola do mundo, vai mal na escola, etc.

Tratamento: psicoterapia e, em alguns casos, é preciso medicação antidepressiva.


E quando você for contar sua história de superação diga: "Sabia que tinha chegado a hora de parar e me empenhei muito para vencer"
QUEM PODE AJUDAR? 

Ambulim (Ambulatório de Bulimia e Transtornos Alimentares)
Telefone: (11) 3069-6975

Proata (Programa de Atenção aos Transtornos Alimentares)
Telefone: (11) 5576-4990

Gota (Grupo de Obesidade e Transtornos Alimentares)

Amiti (Ambulatório Integrado dos Transtornos do Impulso)
Telefone: (11) 2661-7805

Então gurias o post de hoje é isso. Espero que tenho ajudado a todas vocês que sofrem desse mau. E quem tiver amigas que sofrem disso, mostre esse post a ela. Quem sabe você num possa ajudar! E quem já passou por isso, pode contar sua história pelos comentários do post. Diga a nós a sua experiência e superação. Até logo.





2 comentários:

  1. ai, não me imagino fazendo isso ;s

    @esteffanifontes, do blog Aos Dezesseis Anos
    aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. já passei por isso, no momento ainda estou meio que nessa fase..realmente, não é uma coisa fácil de se parar, não é como parar de pintar as unhas ou cortar o cabelo, é como parar de comer ou de dormir.
    Amei o post *-*
    MilkMilks
    DM
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré